segunda-feira, 21 de julho de 2008

zÉ cATARINA

zÉ cATARINA

O artista criou entre outros Personagens, este, aqui em bico de pena o ZÉ CATARINA, INSPIRADO E RETRATANDO OS PEQUENOS AGRICULTORES DE Santa Catarina, sobreviventes através dos minifundios familiares, e depois na absoluta miséria pela apropriação de terras a que foram submetidos.
Um dia inspirada neste desenho, escrevi uma peça de teatro TERRA DE TERRARA, cujo personagem protagônico era exatamente este ZÉ CATARINA, a quem mantive como personagem em boneco de vara com articulação de fala, braços e mãos. Como não poderia ser diferente o texto retratava esta sina de tantos Zés Catarinas mundo afora, Brasil adentro ,agricultores sem terras.
A encenação que dirigi mesclei o clima da realidade com o da fantasia através de bonecos mesclados com atores de carne e osso na mesma cena, o mesmo palco.
Preocupada em manter a linguagem da arte mesmo tratando tema cujo foco é estarrecedor e nada lúdico.

Pois Zé Catarina emocionou e recebi meu primeiro prêmio de nacional de Dramaturgia, em mãos do saudoso Yan Michalsky, crítico e professor de Teatro, um dos idealizadore s da CAL, CASA DAS ARTES DAS LARANJEIRAS no Rio de Janeiro e de Madame Henriette Morinaeu, que emocionada entre olhos lacrimosos, beijou minhas mãos, minhas, eu a quem seguramente a época como agora, me arrastaria ao chão como solo para que caminhasse aquela dama do Teatro Brasilieiro, cujo amor ao teatro ainda a enternecia , mesmo em singelas obras de iniciantes...
Aliás mantenho este exemplo até os dias de hoje, permitir-me emocionar, e olhar aos que chegam com amor.
E o ZÉ CATARINA,é infelizmente mais que um Personagem do Pintor Domingo Fossari, é figura multiplicada, sobrevivente ao grande latifúndio deste país de poucos com muito!
Hoje o texto em questão, é tema de tese de doutorado de Jairo Maciel ,um diretor de Teatro paulista, que atuou fortemente na organização cultural do movimento no estado catarinense, antes de suas aventuras novayorquinas, na USP, sob a orientação do Professor Dr. Clóvis Garcia, um monumento vivo do TEATRO BRASILEIRO, a quem dedico respeito e amor.
ZÉ CATARINA,personagem que apenas o olhar humano do artista Fossari, criaria, numa sociedade onde os artistas plásticos na sua maioria almejavam apenas as belas paredes decorativas das pessoas com alto poder aquisitivo.



2 comentários:

Luciane Garcez disse...

Olá Carmen

Meu nome é Luciane Garcez e sou mestranda em história da arte pela UDESC.
Estou fazendo uma pesquisa sobre o artista Domingos Fossari, gostaria de saber se a senhora pode me ajudar nesta empreitada.
Meus telefones: (48) 3269 7821 - 9902 4717.
Email: lucianegarcez@terra.com.br
Aguardo seu contato.
Muito obrigada desde já
Luciane

CARMEN FOSSARI disse...

Luciana entraremos em contato, abraço